ALEDATRIP

#aLedaTrip Cidades da Serra Gaúcha lançam ‘Rota Cervejeira’


rota-cervejeira-abre

Em terras em que chocolates, vinhos e panelas fumegantes de fondue são as opções gastronômicas mais conhecidas, novidades cervejeiras são sempre bem-vindas. Cidades como Gramado, Canela e Nova Petrópolis acabam de lançar a Rota Cervejeira, em que os visitantes poderão conhecer e provar as cervejas artesanais fabricadas nos três destinos participantes do roteiro, incluindo também passeios nas atrações naturais dessas cidades serranas.

 

As instalações das microcervejarias locais ainda são simples e não oferecem a variedade de atividades e produtos como em outros destinos cervejeiros do Brasil e do mundo. E é, justamente, essa a boa notícia para quem visita aqueles produtores de cerveja.

A experiência é quase como chegar na casa de um velho amigo que, bem ali na sala, recebe forasteiros com cobiçadas torneirinhas de onde saem bebidas Pilsen, Weiss, Tripel e Dunkel, só para citar alguns dos tipos feitos na região.

Nova Petrópolis

Uma espécie de filial da Europa, no Sul do Brasil, Nova Petrópolis integra a Rota Romântica, roteiro de 14 cidades que homenageiam a cultura germânica trazida pelos imigrantes.

Conhecida por seus jardins floridos, durante todo o ano, essa cidade a 35 km de Gramado é endereço de duas cervejarias que integram a Rota Cervejeira:

Cervejaria Vitrola: Com início descompromissado, em 2010, por um grupo de amigos de Porto Alegre, essa cervejaria tem foco na produção de seis estilos de cervejas de alta fermentação, no melhor estilo faça-você­-mesmo. Inspirados nas escolas belga, alemã e britânica, os irmãos Moa e Dani Schneider, fãs de música, produzem bebidas como Witbier, Weiss, Pale Ale, Amber Ale, Ipa e Porter.

Cervejaria Edelbrau: No mercado cervejeiro desde 2011, a Edelbrau surgiu com o propósito de resgatar a cultura festiva de seus antepassados, os imigrantes alemães. Inaugurada em 2011, a cervejaria produz 160 mil litros anuais de cinco tipos de cerveja: Pilsen, Weiss, Pale Ale, Dunkel e a frutada e dourada Blond Ale. Com 42 mil visitantes, em 2014, a Edelbrau tem foco no mercado do Rio Grande do Sul, cujos 50% das vendas na loja acontecem ali mesmo na empresa.

Gramado

Cervejaria Rasen Bier: Desde 2008, a Rasen Bier traz para a Serra Gaúcha a cultura e o sabor da mais pura cerveja artesanal. Sua composição é inspirada na Lei da Pureza Alemã, criada em 1516, pelo Duque da Bavária, contendo somente quatro ingredientes: água pura, malte, lúpulo e levedura. Essa empresa não só levou para o resto do Brasil o estilo gaúcho de produzir cervejas, como carrega no nome seu próprio lugar de origem (a palavra alemã rasen significa “gramado”).

Cervejaria Gram Bier: A empresa nasceu de um sonho de beber cervejas com sabor marcante, aroma equilibrado e corpo consistente. Desde 2014, a Gram Bier oferece produtos que fazem uma releitura dos estilos da cerveja do Velho e do Novo Mundo como a Weizenbock com teor alcoólico de 8,2%, a frutada Belgian Blond Ale, a Porter com notas de café e chocolate, e a cerveja de origem alemã Snow, de aroma frutado.

Canela

Cervejaria do Farol: Em 2003, com a família Bausch, chega a Canela essa cervejaria com produção mensal de 10 mil litros de cervejas do tipo Pilsen, Weiss e Tripel. Destaque para o farol de 32 metros de altura, onde fica a empresa, cujos 135 degraus dão acesso a um mirante com vista panorâmica da Serra Gaúcha.

Ref: Edu Vessoni – Viagem em Pauta

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. * Campos obrigatórios

*

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>